Liv

Liv

A minha eterna Liv iria completar 4 anos com a gente no dia 24/07/19.
Ela foi resgatada por uma moça la perto do aeroporto de Florianópolis, em baixo de um carro, com um olho furado e o outro com uma ulcera, idosa e magra... a moça postou no facebook pedindo ajuda pq não podia ficar com ela e eu assim que vi conversei com ela e assumi a Liv. Marcamos um local e eu e meu marido fomos busca-la. Pensa num amor de cadela, me lembro como se fosse hj... levamos no vet, infelizmente o olho furado não tinha mais o que fazer a não ser tira-lo. O outro, chegamos a consultar com o oftalmo, foi feito de tudo, mas infelizmente não conseguimos reverter aquela ulcera que já estava mto feia e mto tempo sem assistência... pelo menos com aquele olho ela via alguma claridade e andava por tudo bem de boa. Fizemos varios tratamentos, dor ela não sentia naquele olhinho e fomos deixando até o dia que realmente precissasse tira-lo tb. Senti tanto nesse dia, em saber que não tinha o que fazer, que ela iria ficar cega pro resto da vida dela... que vida sofrida ela teve... até hoje não entendo como o ser humano é cruel!
Ela era muito esperta e andava por tudo, tomava agua sozinha, ia para a caminha, comia... desde sempre deixasse tudo no seu devido lugar.
Fizemos um checkup e mandamos castrar, o vet falou que no procedimento viu várias cicatrizes de cesariana... resumindo, era uma cadela sofrida, daquelas que tiravam cria atras de cria e não estavam nem ai para ela, ficava jogada só dando lucro para esses miseráveis.
Agradeci e agradeço até hoje a moça e a Deus, por ter colocado ela no meu caminho.
A Liv era um anjo em forma de cachorro, tão quieta, tão fofa e tão medrosa ao mesmo tempo... não suportava ouvir fogos e trovoadas, se tremina toda e fazia as necessidades fisiológicas onde estivesse, de tanto medo... Sempre tentava ficar com ela no colo ou botar ela na cama comigo quando acontecia, para ela se sentir segura... aos poucos aquele medo foi diminuindo, mas nunca se foi por completo.
Fizemos de tudo para ela esquecer a vida difícil que ela teve e ser feliz no resto da vida dela aqui com a gente, ela recebeu muito amor e carinho e retribuiu também.
Nos fez muito feliz nesses anos que passou com a gente!
Infelizmente a hora chega para todos e no dia 07/07/19 ela acordou ruim, com falta de ar... corremos para o vet, foi feito de tudo e ela acabou não resistindo.
Que dor!! Só quem tem e ama como se fosse um filho entende.
Seja feliz onde estiver, minhs Liv. Um dia nos encontraremos de novo, meu anjinho.
Com amor, mamãe.